Comunicação para Negócios | Pierangeli | 14 dicas para publicar artigos longos
247
post-template-default,single,single-post,postid-247,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-theme-ver-12.1.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.4,vc_responsive

14 dicas para publicar artigos longos

14 dicas para publicar artigos longos

Você já reparou que os “posts longos” tem conseguido grande visibildade por aqui e, às vezes, até mais do que os artigos?

Essa questão tem aparecido muito durante as Oficinas e Palestras que ministro e também durante as Mentorias. É uma pergunta recorrente. Pensei em 4 possíveis razões para esse novo “fenômeno”:

1. Hoje em dia ninguém tem tempo sobrando, aliás, ele está mais “curto” a cada dia. Como a oferta de informação é muito grande acabamos escolhendo o que vamos ler.

2. As pessoas não tem muito tempo para ler (ou tem preguiçade ler textos longos. Os textos dos posts são mais curtos e mais fáceis de serem “absorvidos”.

3. Possível mudança no funcionamento do algoritmo que tem privilegiado os posts. Estou acompanhando de perto para poder avaliar com mais assertividade. Não existe algo comprovado sobre esse segundo ponto, apenas meu feeling jornalístico!

4. Muitas pessoas acessam o Linkedin pelo app e ler textos longos no celular não é tão agradável.

Então, por que publicar artigos?

Apesar de, aparentemente, ser mais simples escrever um post do que um artigo que precisa de mais tempo, pesquisa e cuidado com o desenvolvimento do texto, são os artigos que promovem a nossa reputação e mostram todo seu potencial de escrita e raciocínio. Na minha opinião vale muito investir nos artigos, pois são eles que nos proporcionam VISIBILIDADE!

O que acontece quando você publica artigos longos

  1. Quando você publica um artigo ele passa a fazer parte do seu perfil profissional e é um excelente caminho se você quer construir sua reputação online
  2. Ele é exibido na seção “artigos” no seu perfil e você pode usar como seu portfólio
  3. É compartilhado com suas conexões e seguidores em seus feeds de notícias e na notificações que aparecem nas timelines da sua rede de contatos
  4. Os usuários que não fazem parte da sua rede podem seguir você, a partir do seu artigo nos feeds dos seus seguidores de 1o grau e dos contatos de 2o. ou 3o. grau que compartilharam
  5. Seu artigo pode aparecer em pesquisas dentro e fora do Linkedin. Enfim, os artigos fazem com que você ganhe VISIBILIDADE. Então, se você tem algo relevante para falar, arregace as mangas e comece a escrever ou contrate um Ghost Writer!

[ROTEIRO]

Nunca publicou e não sabe por onde começar? Siga o passo a passo que o Linkedin recomenda:

  1. Clique em Escreva um artigo, localizado no alto da página inicial. Isso o levará à ferramenta de publicação.
  2. Coloque seu cursor no campo Título. Insira o título do seu artigo aqui.
  3. Se não conseguir clicar no campo Título, pode haver uma extensão do navegador bloqueando essa funcionalidade. As duas extensões que sabemos que causam esse problema são a Grammarly e a Lazarus. Isso pode ser resolvido desativando essas extensões e atualizando o editor. Saiba mais sobre desinstalação de extensões do navegador.
  4. Para começar a escrever o seu artigo, posicione o cursor sob o título no campo Escreva aqui. Adicione imagens ou vídeos para gerar impacto visual. Faça o seu rascunho aqui.
  5. Clique no botão Publicar no canto superior direito da página. Não há botão de visualização, pois a aparência do artigo será a mesma que você está vendo agora.
  6. Você será solicitado a confirmar que deseja publicar o artigo. Clique em Publicarou no ícone Cancelar para voltar à redação.
  7. Você pode compartilhar o artigo a partir da visualização de leitura depois que ele for publicado. Clique no ícone Compartilhar localizado junto à linha do autor ou na parte inferior do artigo para compartilhá-lo no LinkedIn, Facebook ou Twitter. Ao ir para o final da página, você também verá o ícone Compartilhar em uma barra superior que aparecerá abaixo da navegação do LinkedIn.
  8. Também é possível desabilitar a capacidade de deixar comentários nos artigos que você publicar. Saiba mais sobre como desabilitar comentários.
  9. Há outras maneiras de começar a escrever no LinkedIn. Ao ler um artigo vá para o final da página, você verá um botão Escreva um artigo ao lado das ações sociais GostarComentar e Compartilhar na barra superior, abaixo da navegação do LinkedIn.

Precisa de ajuda para escrever seus artigos? Eu atuo como Ghost Writer. Escrevo por você e o direito autoral é todo seu, ou seja, você publica o texto como e onde quiser.

Quer mais dicas? Leia o artigo do Rodrigo Brancatelli As melhores dicas para você escrever artigos no LinkedIn e deixar a sua marca .

Quer participar do Grupo Mentoria Digital, aqui no Linkedin? Mande sua solicitação. Lá você vai entender como tornar seu perfil atraente, terá acesso às informações sobre comunicação digital multiplataforma, insights para produção de conteúdo, dicas de boas práticas de networking, Estratégias para divulgar sua empresa ou marca pessoal de forma organizada e foco nos resultados, fará interação com os demais usuários e acompanhará pautas sobre carreira, mercado de trabalho, networking e comunicação, entre outras.

Sobre a autora: 

Catarina de Melo Pierangeli – Jornalista apaixonada pela comunicação ajudando empresas e profissionais a criar reputação online e conquistarem visibilidade. Pós-graduada em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais com forte experiência em Comunicação Corporativa. Consultora, professora, ghost writer e Linkedin heavy user. Atualmente atua como diretora executiva na dmelo comunicação. Pesquisadora atuante da Comunicação Digital Multiplataforma e produtora profissional de conteúdo para diversas empresas e canais. Colunista regular do Linkedin Pulse e do portal de Marketing Digital Superstorm, entre outros.

No Comments

Post A Comment